ManyFoto.com: photos from the world.

Getting started:

  1. Select the country.
  2. Find location in the text box
    [ Type in an address or City/locality: ]
  3. If necessary change the search radius.
  4. If necessary you can move the marker on the map.
  5. Start the search with
    [ See the photos ]

Or use:

  1. [ Search in ManyFoto.com by Google ]
Note:
manyfoto.com uses the Flickr API but is not endorsed or certified by Flickr.
How to get to Chousas (Viseu) Hotel Chousas (Viseu)

Photos of Chousas, Viseu

photos found. 26. Photos on the current page: 15
1 
1
Poço Azul (Santa Cruz da Trapa, Viseu, Portugal)
Poço Azul (Santa Cruz da Trapa, Viseu, Portugal)
  • Author: Nuno Camejo Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2019-08-25 08:09:05
  • Geographical coordinates of the taken: 40°46'51"N - 8°9'54"W
  • Blue Well
  • License*: All Rights Reserved - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Solar Velho dos Malafaias - Santa Cruz da Trapa - Portugal 🇵🇹
Solar Velho dos Malafaias - Santa Cruz da Trapa - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2017-12-02 11:30:39
  • Geographical coordinates of the taken: 40°46'19"N - 8°8'50"W
  • O Solar dos Malafayas ou Solar da Gralheira como também é conhecido, situa-se em Santa Cruz da Trapa, concelho de São Pedro do Sul. Este solar, de planta rectangular, foi construído na segunda metade do século XVIII e teve como último proprietário Joaquim Telles de Malafaya Freyre d' Almeida Mascarenhas, que desgostoso com a construção de uma estrada mesmo junto ao solar , resolveu mudar-se para um outro que mandou edificar na região de Serrazes. Esse novo solar é conhecido, como o primeiro, por Solar dos Malafayas ou também por Casa das Quintãs. O Solar da Gralheira, encontra-se em ruínas há dezenas de anos, embora já tenham sido feitos projectos para a sua recuperação. Destaca-se na sua fachada, sobre a porta principal, o brasão dos Malafayas. A traça deste solar parece ter sido desenhada pelo arquitecto Nicolau Nasoni, embora não haja provas desse facto. Este solar encontra-se em vias de classificação pelo IGESPAR. pt.wikipedia.org/wiki/Solar_dos_Malafaias_(Santa_Cruz_da_Trapa)
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Find the Best Accomodations located to Chousas, Viseu
  • New deals listed every day
  • FREE cancellation on most rooms!
  • No booking fees, Save money!, Best Price Guaranteed
  • Manage your booking on the go
  • Book last minute without a credit card!
  • Find out more at Booking.com Reviews
Hotel Chousas
Solar Velho dos Malafaias - Santa Cruz da Trapa - Portugal 🇵🇹
Solar Velho dos Malafaias - Santa Cruz da Trapa - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2017-12-02 11:29:09
  • Geographical coordinates of the taken: 40°46'19"N - 8°8'56"W
  • O Solar dos Malafayas ou Solar da Gralheira como também é conhecido, situa-se em Santa Cruz da Trapa, concelho de São Pedro do Sul. Este solar, de planta rectangular, foi construído na segunda metade do século XVIII e teve como último proprietário Joaquim Telles de Malafaya Freyre d' Almeida Mascarenhas, que desgostoso com a construção de uma estrada mesmo junto ao solar , resolveu mudar-se para um outro que mandou edificar na região de Serrazes. Esse novo solar é conhecido, como o primeiro, por Solar dos Malafayas ou também por Casa das Quintãs. O Solar da Gralheira, encontra-se em ruínas há dezenas de anos, embora já tenham sido feitos projectos para a sua recuperação. Destaca-se na sua fachada, sobre a porta principal, o brasão dos Malafayas. A traça deste solar parece ter sido desenhada pelo arquitecto Nicolau Nasoni, embora não haja provas desse facto. Este solar encontra-se em vias de classificação pelo IGESPAR. pt.wikipedia.org/wiki/Solar_dos_Malafaias_(Santa_Cruz_da_Trapa)
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Aqueduto do Convento de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
Aqueduto do Convento de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2017-12-02 11:30:57
  • Geographical coordinates of the taken: 40°45'45"N - 8°10'16"W
  • O Convento de São Cristóvão de Lafões ou Real Mosteiro de São Cristóvão de Lafões, fica situado num morro sobre a ribeira da Landeira, perto da Gralheira, no concelho de São Pedro do Sul, distrito de Viseu, Portugal. A fundação deste convento (calcula-se que em 1123) pelos frades da regra dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho, que aderiram logo em seguida à Ordem de São Bernardo ou Beneditinos. A fundação do mosteiro é anterior à fundação de Portugal, embora tenha sido totalmente reconstruído no século XVIII. Foi o abade João Cirita que, juntando os eremitas que pelas encostas do Vouga viviam isolados, e com o apoio de D. Teresa, mãe de D. Afonso Henriques, obteve licença para a sua construção. Alguns historiadores, são da opinião de que, o verdadeiro fundador do mosteiro foi João Peculiar e não João Cirita, mas que, em virtude de João Peculiar ter sido chamado a desempenhar outras funções importantes, ficou o mosteiro, logo no início, sob as ordens de João Cirita, e daí o seu nome estar associado à sua fundação. Em 1163 o convento adere à ordem dos monjes cistercienses, como aconteceu a quase todos os mosteiros beneditinos. A sua igreja, depois de ter sofrido dois incêndios, foi reconstruída pela terceira vez em 1704, apresentando um plano octogonal. A igreja foi sagrada em 1761. Os arquivos deste mosteiro perderam-se no incêndio do seminário de Viseu. O convento foi extinto por um decreto publicado pelo regime liberal, em 30 de Maio de 1834, juntamente com todas as ordens religiosas existentes em Portugal. Actualmente este convento foi transformado em turismo de habitação, tendo para o efeito sido completamente recuperado, mas perdendo um pouco do seu aspecto secular. Foi classificado como Monumento de Interesse Público (MIP) pelo IGESPAR em 14 de junho de 2010 pt.wikipedia.org/wiki/Convento_de_S%C3%A3o_Crist%C3%B3v%C...
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Convento de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
Convento de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2017-12-02 11:32:25
  • Geographical coordinates of the taken: 40°45'46"N - 8°10'23"W
  • O Convento de São Cristóvão de Lafões ou Real Mosteiro de São Cristóvão de Lafões, fica situado num morro sobre a ribeira da Landeira, perto da Gralheira, no concelho de São Pedro do Sul, distrito de Viseu, Portugal. A fundação deste convento (calcula-se que em 1123) pelos frades da regra dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho, que aderiram logo em seguida à Ordem de São Bernardo ou Beneditinos. A fundação do mosteiro é anterior à fundação de Portugal, embora tenha sido totalmente reconstruído no século XVIII. Foi o abade João Cirita que, juntando os eremitas que pelas encostas do Vouga viviam isolados, e com o apoio de D. Teresa, mãe de D. Afonso Henriques, obteve licença para a sua construção. Alguns historiadores, são da opinião de que, o verdadeiro fundador do mosteiro foi João Peculiar e não João Cirita, mas que, em virtude de João Peculiar ter sido chamado a desempenhar outras funções importantes, ficou o mosteiro, logo no início, sob as ordens de João Cirita, e daí o seu nome estar associado à sua fundação. Em 1163 o convento adere à ordem dos monjes cistercienses, como aconteceu a quase todos os mosteiros beneditinos. A sua igreja, depois de ter sofrido dois incêndios, foi reconstruída pela terceira vez em 1704, apresentando um plano octogonal. A igreja foi sagrada em 1761. Os arquivos deste mosteiro perderam-se no incêndio do seminário de Viseu. O convento foi extinto por um decreto publicado pelo regime liberal, em 30 de Maio de 1834, juntamente com todas as ordens religiosas existentes em Portugal. Actualmente este convento foi transformado em turismo de habitação, tendo para o efeito sido completamente recuperado, mas perdendo um pouco do seu aspecto secular. Foi classificado como Monumento de Interesse Público (MIP) pelo IGESPAR em 14 de junho de 2010 pt.wikipedia.org/wiki/Convento_de_S%C3%A3o_Crist%C3%B3v%C...
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Convento de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
Convento de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2017-12-02 11:31:57
  • Geographical coordinates of the taken: 40°45'46"N - 8°10'24"W
  • O Convento de São Cristóvão de Lafões ou Real Mosteiro de São Cristóvão de Lafões, fica situado num morro sobre a ribeira da Landeira, perto da Gralheira, no concelho de São Pedro do Sul, distrito de Viseu, Portugal. A fundação deste convento (calcula-se que em 1123) pelos frades da regra dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho, que aderiram logo em seguida à Ordem de São Bernardo ou Beneditinos. A fundação do mosteiro é anterior à fundação de Portugal, embora tenha sido totalmente reconstruído no século XVIII. Foi o abade João Cirita que, juntando os eremitas que pelas encostas do Vouga viviam isolados, e com o apoio de D. Teresa, mãe de D. Afonso Henriques, obteve licença para a sua construção. Alguns historiadores, são da opinião de que, o verdadeiro fundador do mosteiro foi João Peculiar e não João Cirita, mas que, em virtude de João Peculiar ter sido chamado a desempenhar outras funções importantes, ficou o mosteiro, logo no início, sob as ordens de João Cirita, e daí o seu nome estar associado à sua fundação. Em 1163 o convento adere à ordem dos monjes cistercienses, como aconteceu a quase todos os mosteiros beneditinos. A sua igreja, depois de ter sofrido dois incêndios, foi reconstruída pela terceira vez em 1704, apresentando um plano octogonal. A igreja foi sagrada em 1761. Os arquivos deste mosteiro perderam-se no incêndio do seminário de Viseu. O convento foi extinto por um decreto publicado pelo regime liberal, em 30 de Maio de 1834, juntamente com todas as ordens religiosas existentes em Portugal. Actualmente este convento foi transformado em turismo de habitação, tendo para o efeito sido completamente recuperado, mas perdendo um pouco do seu aspecto secular. Foi classificado como Monumento de Interesse Público (MIP) pelo IGESPAR em 14 de junho de 2010 pt.wikipedia.org/wiki/Convento_de_S%C3%A3o_Crist%C3%B3v%C...
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Convento de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
Convento de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2017-12-02 11:31:13
  • Geographical coordinates of the taken: 40°45'45"N - 8°10'16"W
  • O Convento de São Cristóvão de Lafões ou Real Mosteiro de São Cristóvão de Lafões, fica situado num morro sobre a ribeira da Landeira, perto da Gralheira, no concelho de São Pedro do Sul, distrito de Viseu, Portugal. A fundação deste convento (calcula-se que em 1123) pelos frades da regra dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho, que aderiram logo em seguida à Ordem de São Bernardo ou Beneditinos. A fundação do mosteiro é anterior à fundação de Portugal, embora tenha sido totalmente reconstruído no século XVIII. Foi o abade João Cirita que, juntando os eremitas que pelas encostas do Vouga viviam isolados, e com o apoio de D. Teresa, mãe de D. Afonso Henriques, obteve licença para a sua construção. Alguns historiadores, são da opinião de que, o verdadeiro fundador do mosteiro foi João Peculiar e não João Cirita, mas que, em virtude de João Peculiar ter sido chamado a desempenhar outras funções importantes, ficou o mosteiro, logo no início, sob as ordens de João Cirita, e daí o seu nome estar associado à sua fundação. Em 1163 o convento adere à ordem dos monjes cistercienses, como aconteceu a quase todos os mosteiros beneditinos. A sua igreja, depois de ter sofrido dois incêndios, foi reconstruída pela terceira vez em 1704, apresentando um plano octogonal. A igreja foi sagrada em 1761. Os arquivos deste mosteiro perderam-se no incêndio do seminário de Viseu. O convento foi extinto por um decreto publicado pelo regime liberal, em 30 de Maio de 1834, juntamente com todas as ordens religiosas existentes em Portugal. Actualmente este convento foi transformado em turismo de habitação, tendo para o efeito sido completamente recuperado, mas perdendo um pouco do seu aspecto secular. Foi classificado como Monumento de Interesse Público (MIP) pelo IGESPAR em 14 de junho de 2010 pt.wikipedia.org/wiki/Convento_de_S%C3%A3o_Crist%C3%B3v%C...
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Convento de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
Convento de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2017-12-02 11:31:31
  • Geographical coordinates of the taken: 40°45'46"N - 8°10'23"W
  • O Convento de São Cristóvão de Lafões ou Real Mosteiro de São Cristóvão de Lafões, fica situado num morro sobre a ribeira da Landeira, perto da Gralheira, no concelho de São Pedro do Sul, distrito de Viseu, Portugal. A fundação deste convento (calcula-se que em 1123) pelos frades da regra dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho, que aderiram logo em seguida à Ordem de São Bernardo ou Beneditinos. A fundação do mosteiro é anterior à fundação de Portugal, embora tenha sido totalmente reconstruído no século XVIII. Foi o abade João Cirita que, juntando os eremitas que pelas encostas do Vouga viviam isolados, e com o apoio de D. Teresa, mãe de D. Afonso Henriques, obteve licença para a sua construção. Alguns historiadores, são da opinião de que, o verdadeiro fundador do mosteiro foi João Peculiar e não João Cirita, mas que, em virtude de João Peculiar ter sido chamado a desempenhar outras funções importantes, ficou o mosteiro, logo no início, sob as ordens de João Cirita, e daí o seu nome estar associado à sua fundação. Em 1163 o convento adere à ordem dos monjes cistercienses, como aconteceu a quase todos os mosteiros beneditinos. A sua igreja, depois de ter sofrido dois incêndios, foi reconstruída pela terceira vez em 1704, apresentando um plano octogonal. A igreja foi sagrada em 1761. Os arquivos deste mosteiro perderam-se no incêndio do seminário de Viseu. O convento foi extinto por um decreto publicado pelo regime liberal, em 30 de Maio de 1834, juntamente com todas as ordens religiosas existentes em Portugal. Actualmente este convento foi transformado em turismo de habitação, tendo para o efeito sido completamente recuperado, mas perdendo um pouco do seu aspecto secular. Foi classificado como Monumento de Interesse Público (MIP) pelo IGESPAR em 14 de junho de 2010 pt.wikipedia.org/wiki/Convento_de_S%C3%A3o_Crist%C3%B3v%C...
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Aqueduto do Convento de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
Aqueduto do Convento de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2017-12-02 11:28:12
  • Geographical coordinates of the taken: 40°45'45"N - 8°10'16"W
  • O Convento de São Cristóvão de Lafões ou Real Mosteiro de São Cristóvão de Lafões, fica situado num morro sobre a ribeira da Landeira, perto da Gralheira, no concelho de São Pedro do Sul, distrito de Viseu, Portugal. A fundação deste convento (calcula-se que em 1123) pelos frades da regra dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho, que aderiram logo em seguida à Ordem de São Bernardo ou Beneditinos. A fundação do mosteiro é anterior à fundação de Portugal, embora tenha sido totalmente reconstruído no século XVIII. Foi o abade João Cirita que, juntando os eremitas que pelas encostas do Vouga viviam isolados, e com o apoio de D. Teresa, mãe de D. Afonso Henriques, obteve licença para a sua construção. Alguns historiadores, são da opinião de que, o verdadeiro fundador do mosteiro foi João Peculiar e não João Cirita, mas que, em virtude de João Peculiar ter sido chamado a desempenhar outras funções importantes, ficou o mosteiro, logo no início, sob as ordens de João Cirita, e daí o seu nome estar associado à sua fundação. Em 1163 o convento adere à ordem dos monjes cistercienses, como aconteceu a quase todos os mosteiros beneditinos. A sua igreja, depois de ter sofrido dois incêndios, foi reconstruída pela terceira vez em 1704, apresentando um plano octogonal. A igreja foi sagrada em 1761. Os arquivos deste mosteiro perderam-se no incêndio do seminário de Viseu. O convento foi extinto por um decreto publicado pelo regime liberal, em 30 de Maio de 1834, juntamente com todas as ordens religiosas existentes em Portugal. Actualmente este convento foi transformado em turismo de habitação, tendo para o efeito sido completamente recuperado, mas perdendo um pouco do seu aspecto secular. Foi classificado como Monumento de Interesse Público (MIP) pelo IGESPAR em 14 de junho de 2010 pt.wikipedia.org/wiki/Convento_de_S%C3%A3o_Crist%C3%B3v%C...
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Solar Velho dos Malafaias - Santa Cruz da Trapa - Portugal 🇵🇹
Solar Velho dos Malafaias - Santa Cruz da Trapa - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2017-12-02 11:30:23
  • Geographical coordinates of the taken: 40°46'19"N - 8°8'50"W
  • O Solar dos Malafayas ou Solar da Gralheira como também é conhecido, situa-se em Santa Cruz da Trapa, concelho de São Pedro do Sul. Este solar, de planta rectangular, foi construído na segunda metade do século XVIII e teve como último proprietário Joaquim Telles de Malafaya Freyre d' Almeida Mascarenhas, que desgostoso com a construção de uma estrada mesmo junto ao solar , resolveu mudar-se para um outro que mandou edificar na região de Serrazes. Esse novo solar é conhecido, como o primeiro, por Solar dos Malafayas ou também por Casa das Quintãs. O Solar da Gralheira, encontra-se em ruínas há dezenas de anos, embora já tenham sido feitos projectos para a sua recuperação. Destaca-se na sua fachada, sobre a porta principal, o brasão dos Malafayas. A traça deste solar parece ter sido desenhada pelo arquitecto Nicolau Nasoni, embora não haja provas desse facto. Este solar encontra-se em vias de classificação pelo IGESPAR. pt.wikipedia.org/wiki/Solar_dos_Malafaias_(Santa_Cruz_da_Trapa)
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Igreja Matriz de Santa Cruz da Trapa - Portugal 🇵🇹
Igreja Matriz de Santa Cruz da Trapa - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2017-08-28 21:58:35
  • Geographical coordinates of the taken: 40°46'22"N - 8°8'49"W
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Igreja de Matriz de Santa Cruz da Trapa - Portugal 🇵🇹
Igreja de Matriz de Santa Cruz da Trapa - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2017-08-28 21:57:57
  • Geographical coordinates of the taken: 40°46'22"N - 8°8'49"W
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Paisagem a partir de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
Paisagem a partir de São Cristóvão de Lafões - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2017-08-28 21:59:17
  • Geographical coordinates of the taken: 40°45'44"N - 8°10'22"W
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Espigueiro
Espigueiro
  • Author: lfsmoura Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2016-11-07 17:33:08
  • Geographical coordinates of the taken: 40°46'35"N - 8°8'28"W
  • To dry the maze
  • License*: All Rights Reserved - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Igreja Matriz de Santa Cruz da Trapa - Portugal 🇵🇹
Igreja Matriz de Santa Cruz da Trapa - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2017-08-28 21:58:59
  • Geographical coordinates of the taken: 40°46'19"N - 8°8'50"W
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
photos found. 26. Photos on the current page: 15
1 
1
Back to top