ManyFoto.com: photos from the world.

Getting started:

  1. Select the country.
  2. Find location in the text box
    [ Type in an address or City/locality: ]
  3. If necessary change the search radius.
  4. If necessary you can move the marker on the map.
  5. Start the search with
    [ See the photos ]

Or use:

  1. [ Search in ManyFoto.com by Google ]
Note:
manyfoto.com uses the Flickr API but is not endorsed or certified by Flickr.
How to get to Meligioso (Viseu) Hotel Meligioso (Viseu)

Photos of Meligioso, Viseu

photos found. 1984. Photos on the current page: 15
1 
1
Palace Hotel do Buçaco
Palace Hotel do Buçaco
  • Author: vmribeiro.net Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2015-08-05 10:17:48
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'31"N - 8°21'55"W
  • LUSO (Portugal): Palace Hotel do Buçaco. Este singular e mundialmente famoso palácio neo-manuelino, construido pelos monarcas portugueses nos finais do Século XIX, constitui uma das jóias artísticas da Europa. Subordinado, de um modo geral, ao tema das Descobertas dos Portugueses, o conjunto exibe uma riqueza de decoração com uma exuberância de arcos abobadados, escadarias em mármore, tapeçarias raras, quadros de mestres pintores e peças de alguns dos mais notáveis artistas portugueses, para espanto e encanto dos hóspedes. O rei D. Carlos, que encomendou esta obra, não viveu para a ver. O filho D. Manuel II, visitou-o brevemente antes do exílio. A transformação em hotel de luxo, com vinhos próprios, deveu-se a uma inspiração do cozinheiro real. Fontes: www.maisturismo.pt/4/1378.html Portugal, Guia American Express
  • License*: All Rights Reserved - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Fonte de São João
Fonte de São João
  • Author: vmribeiro.net Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2015-08-05 10:04:39
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'59"N - 8°22'35"W
  • LUSO (Portugal): Fonte de São João. A Fonte de S. João no centro da vila do Luso é uma Água de Nascente, de origem superficial e que é tratada como as restantes águas da torneira. É a água de abastecimento público da vila do Luso. Esta fonte é da Câmara Municipal da Mealhada. A água da fonte de S. João é uma água da vila do Luso, mas que em nada está relacionada com a Água Mineral Natural de Luso engarrafada. A Água de Luso engarrafada é uma Água Mineral Natural, que tem origem na água da chuva infiltrada na Serra do Bussaco, em rochas formadas por quartzo e é uma água de circulação muito profunda. info: www.rotadabairrada.pt/irt/show/fonte-de-sao-joao_pt_719
  • License*: All Rights Reserved - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Find the Best Accomodations located to Meligioso, Viseu
  • New deals listed every day
  • FREE cancellation on most rooms!
  • No booking fees, Save money!, Best Price Guaranteed
  • Manage your booking on the go
  • Book last minute without a credit card!
  • Find out more at Booking.com Reviews
Hotel Meligioso
Fonte de São João
Fonte de São João
  • Author: vmribeiro.net Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2015-08-05 10:04:35
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'59"N - 8°22'35"W
  • LUSO (Portugal): Fonte de São João. A Fonte de S. João no centro da vila do Luso é uma Água de Nascente, de origem superficial e que é tratada como as restantes águas da torneira. É a água de abastecimento público da vila do Luso. Esta fonte é da Câmara Municipal da Mealhada. A água da fonte de S. João é uma água da vila do Luso, mas que em nada está relacionada com a Água Mineral Natural de Luso engarrafada. A Água de Luso engarrafada é uma Água Mineral Natural, que tem origem na água da chuva infiltrada na Serra do Bussaco, em rochas formadas por quartzo e é uma água de circulação muito profunda. info: www.rotadabairrada.pt/irt/show/fonte-de-sao-joao_pt_719
  • License*: All Rights Reserved - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Fonte de São João
Fonte de São João
  • Author: vmribeiro.net Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2015-08-05 10:00:12
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'59"N - 8°22'34"W
  • LUSO (Portugal): Fonte de São João. A Fonte de S. João no centro da vila do Luso é uma Água de Nascente, de origem superficial e que é tratada como as restantes águas da torneira. É a água de abastecimento público da vila do Luso. Esta fonte é da Câmara Municipal da Mealhada. A água da fonte de S. João é uma água da vila do Luso, mas que em nada está relacionada com a Água Mineral Natural de Luso engarrafada. A Água de Luso engarrafada é uma Água Mineral Natural, que tem origem na água da chuva infiltrada na Serra do Bussaco, em rochas formadas por quartzo e é uma água de circulação muito profunda. info: www.rotadabairrada.pt/irt/show/fonte-de-sao-joao_pt_719
  • License*: All Rights Reserved - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Buçaco. Portugal. Agosto 2005
Buçaco. Portugal. Agosto 2005
  • Author: Juan Sixto López Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2013-06-13 13:41:36
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'34"N - 8°21'53"W
  • Posiblemente uno de los comedores mas bonitos y románticos de los que he disfrutado. En el Palace Hotel Do Bussaco, Luso.
  • License*: All Rights Reserved - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Convento de Santa Cruz do Bussaco - Portugal 🇵🇹
Convento de Santa Cruz do Bussaco - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2020-08-10 21:41:53
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'34"N - 8°21'56"W
  • O convento foi construído entre 1628 e 1630 pela Ordem dos Carmelitas Descalços que o ocupou de 1630 até 1834, data da extinção das ordens religiosas masculinas. Há uma relação curiosa entre o convento do Buçaco e a família do poeta e guerreiro Brás Garcia de Mascarenhas, fidalgo da vila de Avô (na altura, sede de concelho). Decorre, - como refere o Dr. António Ribeiro Garcia de Vasconcelos -, da hipótese histórica de um dos seus irmãos, Francisco, ser frade carmelita do ascetério do Buçaco. Vejamos então alguns factos que unem o Buçaco aos Garcias de Mascarenhas (vide in, VASCONCELOS, António de "Brás Garcia de Mascarenhas - estudo de investigação histórica", Imprensa da Universidade de Coimbra, Coimbra, 1922): [...]as relações da família avoense dos Garcias Mascarenhas com este convento mantinham-se assíduas, amistosas, e tão íntimas, que dão lugar a me parecer não só verosímil mas bastante provável aquela hipótese. Alguns factos, para exemplo: — Quando em 1659 os irmãos de Brás Garcia quiseram instituir uma capela para sepultura de família, e para vincularem os seus bens, entenderam-se com os frades do Buçaco, [...], para eles lhes cederem o padroado de uma das capelas da sua igreja conventual; a esta capela vincularam os ditos bens, instituindo com eles um duplo morgado,[...]. — Em fevereiro de 1660, correndo um processo eclesiástico em que era réu o padre Matias Garcia, e havendo necessidade de este apresentar uma carta inibitória na Relação metropolitana de Braga, para onde fora interposta apelação, foi por intermédio dos carmelitas descalços do Buçaco remetido o documento aos carmelitas de Aveiro, e por estes aos de Braga, para o apresentarem na Relação bracarense. — O padre Pantaleão [Garcia de Mascarenhas] escolheu em março de 1660 para sua sepultura a igreja do convento do Buçaco, ao qual pagou logo 6o$ooo réis por compra da capela transeptal do lado do Evangelho, onde ficaria sendo a dita sepultura, [...], e bem assim o cálice de prata e os paramentos da capela de S. Brás, de Avô, que seriam entregues depois da morte de seu irmão Dr. Manuel Garcia *.[...] No contexto da Guerra Peninsular, em 1810 as suas instalações serviram de hospedagem a Arthur Wellesley, 1.º Duque de Wellington, que comandou as forças anglo-portuguesas contra as do general francês André Massena na batalha do Buçaco. Em 1888 o antigo mosteiro, parcialmente demolido, deu lugar à construção do Palácio Real, em nossos dias Palácio Hotel do Buçaco. Atualmente o Convento de Santa Cruz do Buçaco encontra-se aberto ao público como atração turística. pt.wikipedia.org/wiki/Convento_de_Santa_Cruz_do_Bu%C3%A7aco
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Fonte Fria - Mata do Bussaco - Portugal 🇵🇹
Fonte Fria - Mata do Bussaco - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2020-08-10 21:41:12
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'33"N - 8°21'42"W
  • A Mata Nacional do Buçaco (Bussaco na grafia antiga) é uma área protegida localizada na Serra do Buçaco, freguesia de Luso, concelho da Mealhada. Foi plantada pela Ordem dos Carmelitas Descalços no primeiro quarto do século XVII, encontrando-se delimitada pelos murros erguidos pela ordem para limitar o acesso a mata. Os Carmelitas construíram também aí o Convento de Santa Cruz do Buçaco, destinado a albergar essa ordem monástica, que existiu entre 1628 e 1834, data da extinção das ordens religiosas em Portugal. Em 1888 foi iniciada a construção do Palácio Real (actualmente Palace Hotel do Buçaco) no local do convento, sendo este parcialmente demolido para o efeito. A Mata Nacional do Buçaco possui espécies vegetais do mundo inteiro importadas pela Ordem dos Carmelitas Descalços, incluindo o célebre cedro-do-buçaco (Cupressus lusitanica). Localiza-se aqui um habitat único: o adernal, cuja distribuição mundial se circunscreve aos escassos hectares existentes no Buçaco pt.wikipedia.org/wiki/Mata_Nacional_do_Bu%C3%A7aco
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2020-08-16 10:17:07
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'38"N - 8°21'45"W
  • A Mata Nacional do Buçaco (Bussaco na grafia antiga) é uma área protegida localizada na Serra do Buçaco, freguesia de Luso, concelho da Mealhada. Foi plantada pela Ordem dos Carmelitas Descalços no primeiro quarto do século XVII, encontrando-se delimitada pelos murros erguidos pela ordem para limitar o acesso a mata. Os Carmelitas construíram também aí o Convento de Santa Cruz do Buçaco, destinado a albergar essa ordem monástica, que existiu entre 1628 e 1834, data da extinção das ordens religiosas em Portugal. Em 1888 foi iniciada a construção do Palácio Real (actualmente Palace Hotel do Buçaco) no local do convento, sendo este parcialmente demolido para o efeito. A Mata Nacional do Buçaco possui espécies vegetais do mundo inteiro importadas pela Ordem dos Carmelitas Descalços, incluindo o célebre cedro-do-buçaco (Cupressus lusitanica). Localiza-se aqui um habitat único: o adernal, cuja distribuição mundial se circunscreve aos escassos hectares existentes no Buçaco pt.wikipedia.org/wiki/Mata_Nacional_do_Bu%C3%A7aco
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2020-08-16 10:19:55
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'30"N - 8°21'46"W
  • A Mata Nacional do Buçaco (Bussaco na grafia antiga) é uma área protegida localizada na Serra do Buçaco, freguesia de Luso, concelho da Mealhada. Foi plantada pela Ordem dos Carmelitas Descalços no primeiro quarto do século XVII, encontrando-se delimitada pelos murros erguidos pela ordem para limitar o acesso a mata. Os Carmelitas construíram também aí o Convento de Santa Cruz do Buçaco, destinado a albergar essa ordem monástica, que existiu entre 1628 e 1834, data da extinção das ordens religiosas em Portugal. Em 1888 foi iniciada a construção do Palácio Real (actualmente Palace Hotel do Buçaco) no local do convento, sendo este parcialmente demolido para o efeito. A Mata Nacional do Buçaco possui espécies vegetais do mundo inteiro importadas pela Ordem dos Carmelitas Descalços, incluindo o célebre cedro-do-buçaco (Cupressus lusitanica). Localiza-se aqui um habitat único: o adernal, cuja distribuição mundial se circunscreve aos escassos hectares existentes no Buçaco pt.wikipedia.org/wiki/Mata_Nacional_do_Bu%C3%A7aco
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2020-08-16 10:15:43
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'36"N - 8°22'10"W
  • A Mata Nacional do Buçaco (Bussaco na grafia antiga) é uma área protegida localizada na Serra do Buçaco, freguesia de Luso, concelho da Mealhada. Foi plantada pela Ordem dos Carmelitas Descalços no primeiro quarto do século XVII, encontrando-se delimitada pelos murros erguidos pela ordem para limitar o acesso a mata. Os Carmelitas construíram também aí o Convento de Santa Cruz do Buçaco, destinado a albergar essa ordem monástica, que existiu entre 1628 e 1834, data da extinção das ordens religiosas em Portugal. Em 1888 foi iniciada a construção do Palácio Real (actualmente Palace Hotel do Buçaco) no local do convento, sendo este parcialmente demolido para o efeito. A Mata Nacional do Buçaco possui espécies vegetais do mundo inteiro importadas pela Ordem dos Carmelitas Descalços, incluindo o célebre cedro-do-buçaco (Cupressus lusitanica). Localiza-se aqui um habitat único: o adernal, cuja distribuição mundial se circunscreve aos escassos hectares existentes no Buçaco pt.wikipedia.org/wiki/Mata_Nacional_do_Bu%C3%A7aco
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2020-08-16 10:16:53
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'36"N - 8°22'10"W
  • A Mata Nacional do Buçaco (Bussaco na grafia antiga) é uma área protegida localizada na Serra do Buçaco, freguesia de Luso, concelho da Mealhada. Foi plantada pela Ordem dos Carmelitas Descalços no primeiro quarto do século XVII, encontrando-se delimitada pelos murros erguidos pela ordem para limitar o acesso a mata. Os Carmelitas construíram também aí o Convento de Santa Cruz do Buçaco, destinado a albergar essa ordem monástica, que existiu entre 1628 e 1834, data da extinção das ordens religiosas em Portugal. Em 1888 foi iniciada a construção do Palácio Real (actualmente Palace Hotel do Buçaco) no local do convento, sendo este parcialmente demolido para o efeito. A Mata Nacional do Buçaco possui espécies vegetais do mundo inteiro importadas pela Ordem dos Carmelitas Descalços, incluindo o célebre cedro-do-buçaco (Cupressus lusitanica). Localiza-se aqui um habitat único: o adernal, cuja distribuição mundial se circunscreve aos escassos hectares existentes no Buçaco pt.wikipedia.org/wiki/Mata_Nacional_do_Bu%C3%A7aco
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2020-08-16 16:11:03
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'32"N - 8°22'6"W
  • A Mata Nacional do Buçaco (Bussaco na grafia antiga) é uma área protegida localizada na Serra do Buçaco, freguesia de Luso, concelho da Mealhada. Foi plantada pela Ordem dos Carmelitas Descalços no primeiro quarto do século XVII, encontrando-se delimitada pelos murros erguidos pela ordem para limitar o acesso a mata. Os Carmelitas construíram também aí o Convento de Santa Cruz do Buçaco, destinado a albergar essa ordem monástica, que existiu entre 1628 e 1834, data da extinção das ordens religiosas em Portugal. Em 1888 foi iniciada a construção do Palácio Real (actualmente Palace Hotel do Buçaco) no local do convento, sendo este parcialmente demolido para o efeito. A Mata Nacional do Buçaco possui espécies vegetais do mundo inteiro importadas pela Ordem dos Carmelitas Descalços, incluindo o célebre cedro-do-buçaco (Cupressus lusitanica). Localiza-se aqui um habitat único: o adernal, cuja distribuição mundial se circunscreve aos escassos hectares existentes no Buçaco pt.wikipedia.org/wiki/Mata_Nacional_do_Bu%C3%A7aco
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2020-08-16 16:11:33
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'32"N - 8°22'6"W
  • A Mata Nacional do Buçaco (Bussaco na grafia antiga) é uma área protegida localizada na Serra do Buçaco, freguesia de Luso, concelho da Mealhada. Foi plantada pela Ordem dos Carmelitas Descalços no primeiro quarto do século XVII, encontrando-se delimitada pelos murros erguidos pela ordem para limitar o acesso a mata. Os Carmelitas construíram também aí o Convento de Santa Cruz do Buçaco, destinado a albergar essa ordem monástica, que existiu entre 1628 e 1834, data da extinção das ordens religiosas em Portugal. Em 1888 foi iniciada a construção do Palácio Real (actualmente Palace Hotel do Buçaco) no local do convento, sendo este parcialmente demolido para o efeito. A Mata Nacional do Buçaco possui espécies vegetais do mundo inteiro importadas pela Ordem dos Carmelitas Descalços, incluindo o célebre cedro-do-buçaco (Cupressus lusitanica). Localiza-se aqui um habitat único: o adernal, cuja distribuição mundial se circunscreve aos escassos hectares existentes no Buçaco pt.wikipedia.org/wiki/Mata_Nacional_do_Bu%C3%A7aco
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2020-08-16 16:12:32
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'32"N - 8°21'47"W
  • A Mata Nacional do Buçaco (Bussaco na grafia antiga) é uma área protegida localizada na Serra do Buçaco, freguesia de Luso, concelho da Mealhada. Foi plantada pela Ordem dos Carmelitas Descalços no primeiro quarto do século XVII, encontrando-se delimitada pelos murros erguidos pela ordem para limitar o acesso a mata. Os Carmelitas construíram também aí o Convento de Santa Cruz do Buçaco, destinado a albergar essa ordem monástica, que existiu entre 1628 e 1834, data da extinção das ordens religiosas em Portugal. Em 1888 foi iniciada a construção do Palácio Real (actualmente Palace Hotel do Buçaco) no local do convento, sendo este parcialmente demolido para o efeito. A Mata Nacional do Buçaco possui espécies vegetais do mundo inteiro importadas pela Ordem dos Carmelitas Descalços, incluindo o célebre cedro-do-buçaco (Cupressus lusitanica). Localiza-se aqui um habitat único: o adernal, cuja distribuição mundial se circunscreve aos escassos hectares existentes no Buçaco pt.wikipedia.org/wiki/Mata_Nacional_do_Bu%C3%A7aco
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
Via Sacra da Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
Via Sacra da Mata Nacional do Bussaco - Portugal 🇵🇹
  • Author: Portuguese_eyes Follow on flickr foto flickr
  • Date of photography: 2020-08-16 16:12:51
  • Geographical coordinates of the taken: 40°22'40"N - 8°22'3"W
  • O Sacromonte é uma criação italiana do final do séc. XV, quando Jerusalém se encontrava sob o domínio do império Otomano. Esta forma de reproduzir a Cidade Santa, recorrendo a capelas onde se representavam os passos da Prisão e da Paixão de Cristo, disseminou-se rapidamente pela Europa e permitiu ao peregrino experienciar de forma segura, sem uma deslocação à Palestina, os últimos momentos da vida do Salvador. Na esteira da Contra-Reforma, com o reitor da Universidade de Coimbra, Manuel de Saldanha, surgiu (1644) a Via Crucis no deserto carmelita do Bussaco. Mais próximo da tipologia dos Calvários medievos, este primeiro fôlego concretizou-se através de cruzes de pau-brasil que assinalavam, com legenda, os respetivos passos que se estendiam desde a Sentença até ao Calvário. 50 anos depois, o bispo-conde D. João de Melo fez colocar representações pictóricas de cada passo da Prisão e da Paixão dentro de pequenas ermidas de plano centralizado quadrangular que invocavam a capela da Virgem no monte Carmelo. Nesta empresa, que começa pelos Passos da Paixão, o bispo afirma a sua autoridade impondo a sua pedra de armas e uma lápide, datada de 1694, junto à ermida de S. José. Em 1695, outra lápide (desaparecida) junto aos Passos da Prisão assinala um percurso messiânico desde o Horto até ao Calvário. No entanto, a magnitude projetada para o Sacromonte não se resume à inclusão dos Passos da Prisão – D. João de Melo quer criar uma nova Jerusalém no deserto carmelita e, para tal, importa da Cidade Santa as medidas exatas entre cada momento do martírio de Cristo. É a necessidade de implementar essas medidas num espaço reduzido que justifica a acentuada sinuosidade do percurso da Via Sacra. Mas a emulação a Jerusalém não se esgota nessa reprodução precisa das distâncias. Para tal concorre também a introdução de Passos como o Cedron (inexistente nas Sagradas Escrituras) e de estruturas como a Porta de Siloé, a Porta Judiciária, o Pretório e o Calvário. Os dois últimos são os únicos que diferem das restantes capelas da Via Crucis do Bussaco – marcam os momentos mais relevantes de toda a Via Sacra, a condenação e a morte do Salvador – e neles D. João de Melo incorporou os elementos que deveriam conferir-lhes maior verosimilhança. Assim, encontram-se no Pretório os vinte e oito degraus que Cristo subiu no palácio de Pilatos e a varanda do Ecce Homo. No Calvário, o corpo sextavado que assinala o Passo em articulação com o corpo paralelepipédico da ermida homónima materializam a gravura do Sepulcro de Cristo na Anastasis (Antonio del Castillo, 1654). No séc. XVIII, D. António de Vasconcelos e Sousa patrocinou a criação de figuras de vulto em cerâmica e pedra (destruídas na primeira metade do séc. XIX) e das quais resta apenas uma representação de Cristo no Horto, primitivamente na gruta do Passo do Horto e hoje na ermida de S. José. O cenário desolador a que chegaram as Capelas dos Passos levou o Governo português a encomendar (1887) ao ceramista Rafael Bordalo Pinheiro doze grupos escultóricos para outros tantos Passos. No entanto, a morosidade da empreitada, o fim do financiamento e a morte de Bordalo Pinheiro em 1905 resultaram em apenas nove cenas da Prisão e Paixão de Cristo que nunca chegaram ao deserto carmelita. Já no segundo quartel do séc. XX, em renovada tentativa de devolver a vivência da Paixão de Cristo à mata do Bussaco, o escultor Costa Mota sobrinho plasmou no barro as epígrafes de cada capela, tirando partido das possibilidades plásticas das peças chacotadas. Na impossibilidade de manipular a luz, artificial e natural, o artista encontraria na policromia um novo meio de acentuar a emotividade contida nas suas composições que, a partir do Passo do Despojamento das Vestes, assumem um outro impacto visual. É na articulação de todos os contributos histórico-artísticos com a envolvência da mata e a sugestão omnipresente da força simbólica de Jerusalém que reside, ainda hoje, o sentido pleno do percurso da Via Sacra no Sacromonte do Bussaco e, simultaneamente, um dos aspetos que o tornam único no Mundo. Fonte: Lurdes Craveiro
  • License*: Attribution-NonCommercial-ShareAlike License - photo in flikr foto flickr
    *The photographs are copyrighted by their respective owners.
photos found. 1984. Photos on the current page: 15
1 
1
Back to top